Home

missa

(parte 3)

Os números revelam-no, as pessoas comentam e facilmente se percebe que cada vez são menos os jovens a irem à missa. Isto tem levado vários padres, bispos, arcebispos e profissionais do cristianismo a se debaterem sobre as reais particularidades da nossa juventude e a levantar a seguinte questão, mas afinal…

…Qual é a melhor maneira de levar as pessoas à missa? Talvez impedindo-as de ir à escola.

Na minha aldeia a escola primária fica mesmo em frente à igreja, o que acaba por ser bastante curioso, de um lado abrem-nos os olhos para o mundo do conhecimento, do outro põe-nos umas palas para olhar só numa direcção.

Devo dizer que sempre que me obrigavam a cruzar a estrada da escola para a igreja, eu rezava, juro que rezava para ser atropelado. Ao ser atropelado poderia ficar com incapacidade física se chegasse à igreja ficaria deficiente mental. E depois de 2 pernas partidas aqui estou eu. Sem nenhum tipo de atraso mentasdlfkdsmckmlsaDMLMKAHAHSXBAB.,.-ºçl,mç´+.ºç

Acho muito curioso, usarmos a expressão, “Estás para aí a rezar, não percebi nada do que disseste”, quando não entendemos o que outra pessoa está a dizer. Talvez seja exactamente por isso que Deus não dá sinal de vida, um gajo reza mas ele também não deve perceber.

    -O quê? Ahh! Querias um emprego melhor? Pensava que era um Tsunami! O quê? Ahh! Querias a cura para as varizes? Pensava que era fome em África!

    Opá porra, já fiz asneira outra vez e ainda pior cima sou deus, vou-me esconder debaixo das mantas. Ah mas eu sou omnipresente, estou debaixo das mantas, estou em cima das mantas, estou debaixo da cama, estou em cima da cama… ai que massada ser Deus, Ai meu deus, ai meu deus não, isso sou eu! Ai meu eu! Ai eu, ai eu…

   O quê? Querias um emprego melhor? Que o teu marido resolve-se o problema das costas e que a teu pai deixa-se de ser incontinente? Pensava que era fome em África! Nisso sou muito bom, agora resolver coisas do dia-a-dia nem pensar. Só na fome em África, nisso e a dar sida aos meninos.

Eu tentei ir à missa, aprender o Pai Nosso e Ave-maria, juro que sim, mas não consigo imaginar nada mais inútil do que um Deus que só te consegue perceber através de poemas manhosos.

A igreja faz passar uma imagem de medo e não de amor.

Quando Cristo apareceu a ignorância das pessoas (por não irem à escola) era tanta, que se aparecesse alguém a dizer que o seu pénis era o Messias filho de Deus não faltariam mulheres a ajoelhar-se.

Enfim, é possível que haja quem fique indignado com este texto, para as senhoras católicas tenho apenas uma coisa a dizer, apareceu-me Nossa Senhora na ponta do pénis, venham orar.

«As posições de oração são normalmente emulações do servo suplicante diante de um monarca irascível. A mensagem é de submissão, gratidão e medo contínuos.» Christopher Hicthens; Deus não é grande; p.94

Anúncios

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s