Home

Hoje em dia, é com agrado que constato que a maioria dos jovens tem facebook, trata-se do maior catálogo online de possíveis parceiras(os) sexuais que há história. Muitos de vós poderão dizer que este expositor de pessoas não é fiel à realidade e quando damos de caras com a rapariga da foto que originalmente nos pareceu interessante, ficamos variadíssimas vezes com a mesma pergunta na cabeça. Mas onde é que ela conseguiu esconder 30kg?

Se é verdade que muitas vezes isso acontece, existem outras situações onde o facebook consegue reflectir uma imagem mais nítida que a própria realidade. Esta ferramenta que proporciona bonitos relacionamentos dá-nos a conhecer pessoas sem que seja necessário o falatório do costume, para além de saber-mos se está numa relação podemos também entrar nos meandros da sua personalidade.

Por exemplo, quando vamos ver as fotos das “meninas”, acontece muitas vezes encontrarmos mais fotos do decote do que da cara, o que, sejamos sinceros, facilita bastante o processo de reconhecimento para os homens. Eu próprio só reconheci o facebook da minha tia por causa disso.

Os “homens” também têm as suas fotos bastante peculiares, como não poderia deixar de ser. Começam logo muito bem com fotos do seu computador. Meus amigos, estar num computador, no facebook, a ver fotos de outros computadores é aquilo a que eu chamo: masturbação informática. Fotos do animal de estimação por mim tudo bem, excepto se for um gato, ter um animal de estimação que é um gato e não um cão é já de si uma ideia abixanada, colocar fotos do bicho apenas torna a panisguise mais acentuada e pública. Um homem que coloca fotos de computadores e gatos no facebook é o mesmo que ir gritar à janela com um megafone – Não tenho vida sexual! – Com a agravante de não serem apenas os vizinhos que escutam.

À semelhança das mulheres com decote existem também os homens que mostram os músculos, ou a falta deles, normalmente numa foto tirada por eles próprios na casa de banho. São o tipo de pessoas que acabam por se juntar e formar casais interessantíssimos que publicam o seu “amor”.

E eu bem sei que o amor é cego, mas daí a escrever mensagens de amor no facebook… Por amor de Deus, já vi cegos com mais sentido de orientação.

Mas nem só pelas fotos podemos ficar com uma ideia do tipo de pessoa que se trata, os tesourinhos deprimentes estendem-se até ao mural. Desde jogos do farmville e outros como tal, até aos vídeos e textos corrente.

O melhor do facebook é poder ver exactamente o mesmo post em 34 pessoas “diferentes”, o que é óptimo para quem tem Alzheimer, que são como se sabe as pessoas que mais utilizam as redes sociais.

Para além dos textos corrente, existem ainda as frases feitas que finalmente recebem o reconhecimento merecido quando alguém as coloca no facebook.

Penso logo, existo. 23 likes

O amor é fogo que arde sem se ver. 34 likes

Hoje fiz coco e saiu grosso. 47 likes

Comentários:

-Ena tanta gente que gostou da caca. 53 likes.

-Não sei se tenho caca para tanta gente. 68 likes.

-Pronto vou fazer mais caca para todos vós. 87 likes

Espero que tenha sido o suficiente.

Anúncios

One thought on “O Facebook é coisinha para coiso

  1. Pingback: Opinadelas aleatórias sobre o Facebook | Entre LUXO e LIXO muda apenas uma letra.

Os comentários estão fechados.